segunda-feira, 2 de julho de 2018

Endurance Brasil: Franco Pasquale e Luis Finotti têm ótimo desempenho e sobem ao pódio em Interlagos

"Não ta morto quem peleia", protótipo dos pilotos Franco e Finotti têm desempenho memorável em etapa com "gigantes".



O Autódromo de Interlagos recebeu a segunda etapa do Endurance Brasil - Chevrolet Absoluta 500, no último sábado (30), etapa marcou o retorno do piloto de Gramado (RS) Franco Pasquale, e da estréia do paulista Luis Finotti no grid, inscritos na principal classe dos protótipos da categoria, a P1, à bordo do Spyder Audi Turbo #78 preparado pela equipe gaúcha MC Tubarão.

A sexta-feira (29) foi de treinos livres, que serviu para os pilotos se adequarem à pilotagem, e marcar o tempo mais rápido com 1m44s424. No final do dia foi definido o grid de largada, Franco concluiu a tomada de tempo com a 12º colocação na classe P1 e a 23ª posição na geral.

(À esquerda Andre Pasquale, no cockpit, Franco Pasquale e à direita Luís Finotti)
(Franco recebe algumas orientações de Finotti para a largada)

Franco Pasquale largou bem, e na abertura da segunda volta já estava à duas posições à frente da sua posição de origem, mas com uma corrida ainda prematura, Franco teve que forçar uma parada aos boxes para a equipe reparar um problema no câmbio. Com um trabalho ágil da equipe, o gaúcho retornou à pista para concluir seu stint e recuperar posições. Pouco antes da parada obrigatória para a troca de pilotos, o Spyder já era o 20º colocado na geral. Luis Finotti assumiu o carro, e com uma pilotagem bastante próspera na estréia, não poupou esforços e cumpriu bem seu stint conquistando boas posições. Franco retornou ao cockpit para mais duas tocadas com cautela, pois os freios comprometeu o rendimento do carro. Aproximadamente faltando 40 minutos para o término da prova, a equipe determinou que por motivos de segurança, abortasse a prova. Com o quarto lugar na categoria P1 praticamente certo, pilotos e equipe aguardaram com expectativa ao final da prova para comemorar o resultado.

O pódio foi inesperado para os pilotos, pois sabiam que o carro tinha suas limitações, mas em corridas de longa duração, o conjunto de estratégia, piloto e equipe foram ótimos no final de semana, e colheram o resultado.

"Voltar às pistas é maravilhoso e em Interlagos foi perfeito. Estava com saudades em competir, do clima de corrida, dos amigos, foi muito bom.  O pódio foi inesperado, desde o primeiro treino a gente sabia que nosso carro não tinha potencial para competir e muito menos brigar por um pódio. Foi lindo. Ninguém esperava" - diz Franco Pasquale, contente pelo retorno em grande estilo.

"Primeiro gostaria de agradecer ao Paulo Sousa pelo convite para correr com seu carro. Ao Finotti pela parceria de ouro, a equipe Mc Tubarao pelo trabalho e ao meu pai, meu grande incentivador sem ele nada disso teria acontecido." - completa.

                                                 Comemoração em peso após a prova.
                            Franco Pasquale e Luis Finotti sobem no pódio com a 4ª colocação

Texto e fotos: Cintia Azevedo - Velocidade Curitiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário