quarta-feira, 25 de julho de 2018

Endurance Brasil: Bom desempenho de Carlos e Yuri Antunes é interrompido por problemas na bomba de óleo na corrida

Equipe do interior paulista mostrou competitividade no circuito gaúcho, mas problemas tiraram a possibilidade da dupla buscar a vitória.


É bastante notável o crescimento e desenvolvimento dos carros do Endurance Brasil, com vários quilômetros percorridos em busca de um melhor acerto e melhorar o desempenho do carro em alguns quesitos, a equipe Dobilas Racing desembarcou no Autódromo de Tarumã para a disputa da terceira etapa do certame.

As sessões de treinos foram disputados na sexta-feira (20), e com o intuito de obter um melhor acerto no MRX #72, a dupla marcou a melhor volta do carro com o tempo de 1m07s275. No treino classificatório, o carro teve uma grande melhora, e marcou o tempo de 1m05s429, conquistando a sexta posição no grid da categoria P2 e a 21º colocação no grid geral.


Carlos Antunes foi quem largou, e num ritmo constante de prova se aproximou dos oponentes e travou belas disputas. Yuri assumiu o carro no segundo stint da corrida, manteve a constância ditada pelo seu pai na tocada anterior, mas começou a notar uma falha no rendimento do motor, retornou aos boxes para a equipe verificar o problema.

A equipe rapidamente verificou que havia caído um pouco a pressão da bomba de óleo no carro, e para poupar a perda do motor, o chefe de equipe Eduardo Dobilas e os pilotos decidiram encerrar a sua participação na prova com 51 voltas completadas.

Carlos Antunes cravou a segunda melhor volta da corrida na classe P2 com o tempo dde 1m05s600.

A próxima etapa do Endurance Brasil acontece no circuito do VeloCittá (SP) no dia 1º de setembro.

Texto e fotos: Cintia Azevedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário