domingo, 8 de abril de 2018

Stock Light: Em recuperação espetacular, Gustavo Frigotto sai de 19º para a 5ª colocação

Domingo foi o dia da recuperação do curitibano no campeonato.


O automobilismo é realmente uma caixinha de surpresas. Quem poderia imaginar que Gustavo Frigotto poderia almejar alguma coisa na segunda bateria do Campeonato Brasileiro de Stock Light em Curitiba, após ter de largar da décima nona colocação. Mas como já dizia Juan Manuel Fangio, "carreras son carreras" e com uma pilotagem irretocável, o piloto da Água da Serra / RKL Competições cruzou a linha de chegada na quinta posição, alcançando o seu primeiro Top 5 da temporada.

O grande resultado de Gustavo começou a ser construído na largada, quando o paranaense soube se posicionar bem na freada da primeira curva, para escapar da confusão causada pelos líderes. Ao fechar a primeira volta, Frigotto já era o décimo colocado e tinha pouco mais 23 minutos para construir a sua corrida. E assim ele fez, passando um por um e desviando dos seus adversários que cometiam erros, Gustavo foi escalando o pelotão até chegar na quinta posição. A subida na classificação final só foi freada pelo tempo no relógio, que se esgotara.

Ao fim da prova, Gustavo saiu do carro ovacionado por sua equipe. Feliz pela bela corrida, ele destacou a paciência que teve durante a bateria.

"A corrida foi excelente, largamos lá atrás e conseguimos fazer uma prova bem cerebral. Conseguimos atacar na hora certa, sermos seguros na hora certa e assim escapamos das confusões. Estávamos limitados por não termos todos os botões de push-to-pass disponíveis, então acredito que foi uma prova muito boa, dava até para ter brigado pela vitória. Também verificamos posteriormente na telemetria que eu perdia velocidade de reta ao trocar as marchas. Ainda não sabemos o que ocorreu, porém a solução desse problema me deixa ainda mais animado para a próxima etapa", disse o piloto.

Gustavo Frigotto retorna às pistas no dia 6 de maio, para a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Light em Londrina.

Texto: APEX-ME
Foto: Rodrigo Guimarães

Nenhum comentário:

Postar um comentário