sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Caio Collet é o 1º brasileiro a vencer o Volante Winfield, que já revelou campeões como Alain Prost

Brasileiro de 15 anos conquista feito inédito em Paul Ricard. Após uma rígida seletiva, envolvendo 17 pilotos de vários países, ele foi um dos três finalistas e com a vitória faturou a premiação para disputar a temporada completa da Fórmula 4 Francesa.


Apontado como um dos jovens talentos do automobilismo nacional, o paulista Caio Collet (All Road Management / Matrix Energy Trading) conquistou mais um feito inédito em sua carreira, em um ano importante em que faz a transição do kart para o automobilismo. O piloto venceu nesta quarta-feira (dia 14) no circuito de Paul Ricard, na França, a tradicional seletiva “Volante Winfield”, que já revelou grandes campeões e lendas do automobilismo mundial, entre eles o tetracampeão de F-1 Alain Prost e o campeão da F-1 de 1996 Damon Hill.

Foram três dias de disputas no traçado de 3,8 km, que receberá este ano o GP da França de F-1. No total, 58 pilotos se inscreveram para disputar o “Volante Winfield” e 18 foram selecionados. Com concorrentes entre 14 e 17 anos, representando nove países, Collet foi o único brasileiro na seletiva e agora se tornou o primeiro piloto do país a conquistar o título.

O evento, realizado desde 1972 pela escola Winfield, oferece aos pilotos mais que um processo seletivo. Supervisionado por mais de 25 profissionais, incluindo instrutores, engenheiros, mecânicos e um painel de juízes, o programa proporciona aos competidores a descoberta de fatores essenciais para os que estão iniciando suas carreiras, em busca de um caminho profissional. Todas as análises são bastante criteriosas e não é à toa que mais de 30 pilotos que passaram pelo evento chegaram à Fórmula 1, alguns foram campeões do mundo não só na categoria, mas em outros campeonatos de alto nível como FIA WEC, entre outros.

Os concorrentes também tiveram a oportunidade de serem avaliados por profissionais que estão envolvidos com a Fórmula 1 atual, como Julien Simon-Chautemps (engenheiro sênior da Alfa Romeo Sauber F1 Team) e Gregory Thomas (engenheiro da Pirelli). No primeiro dia de disputa, na segunda-feira (12), os candidatos passaram por testes físicos, mentais, media training, aulas sobre o carro, funcionamento dos pneus, entre outros.

No segundo dia, eles foram divididos em três grupos de seis pilotos para quatro treinos livres com o novo Winfield Fórmula 4 Mygale-Renault (pneus Pirelli). Collet liderou todas as sessões do seu grupo. Em seguida, os pilotos tiveram dois treinos classificatórios e o brasileiro registrou o segundo melhor tempo nas duas tomadas.

Após todas as análises, três pilotos chegaram à final. Além de Collet, também brigaram pelo título o sul-africano Stuart White e o francês Pierre-Louis Chovet. Com carros sorteados, cada um foi para a pista três vezes, revezando os mesmos carros entre si, para que a disputa acontecesse em situação de igualdade. Cada piloto mantinha apenas o seu próprio pneu. Foram cinco voltas cronometradas com cada carro, levando em consideração a melhor média.

A premiação total do evento foi de 230 mil euros (mais de 900 mil reais) e, com a vitória, Collet terá a temporada completa na Fórmula 4 Francesa 2018 paga pela escola Winfield. “Estou muito feliz. Foram três dias muito disputados e é uma honra ter vencido, principalmente porque foi muito difícil”, comentou.

“Sem dúvida, também foi uma grande oportunidade para a minha carreira, já que ganhei o prêmio para disputar a temporada completa da F-4 Francesa e isso me motiva ainda mais”, continuou o brasileiro, que não conhecia o circuito de Paul Ricard. “Gostei bastante da pista. O traçado é muito legal, mas é preciso tomar muito cuidado para não passar do limite da pista, que é de alta velocidade”, completou.

Collet, que faz parte do grupo de pilotos da All Road Management do empresário Nicolas Todt, tem vários títulos no kart e, em 2015, subiu ao pódio no Mundial de Kart, com o terceiro lugar. Este ano, disputou suas primeiras corridas pela Fórmula 4, no início do mês, nos Emirados Árabes, e em sete provas conquistou uma vitória, quatro segundos lugares, um terceiro e um quarto, além de duas pole positions e duas melhores voltas.

A temporada da F-4 Francesa terá início no dia 1º de abril no circuito de Nogaro.

Os pilotos que disputaram o Volante Winfield 2018:
Caio COLLET (BRA) - 15 anos
Stuart WHITE (AFS) - 16 anos
Pierre-Louis CHOVET (FRA) - 15 anos
Sébastien DEBOURG (FRA/BUL) - 15 anos
Ugo DE WILDE (BEL) - 15 anos
Joshua DURKSEN (PAR) - 14 anos
Adam ETEKI (FRA) - 15 anos
Alessandro GHIRETTI (FRA) - 16 anos
Arthur LECLERC (MON) - 17 anos
Esteban MUTH (ALE) - 16 anos
O’Neill MUTH (ALE) - 14 anos
Théo NOUET (FRA) - 15 anos
Théo POURCHAIRE (FRA) - 14 anos
Hugo ROCH (FRA) - 16 anos
Pierre-Andréa VERREAUX (FRA) - 16 anos
Victor VINCENT (FRA) - 16 anos
Noah WATT (DIN) - 15 anos
Cylien ZAMMIT (FRA) - 16 anos

Para saber mais sobre Caio Collet, acesse:
www.caiocollet.com.br
www.facebook.com/caio.collet
www.twitter.com/caio_collet
www.instagram.com/caiocollet

Nenhum comentário:

Postar um comentário