terça-feira, 15 de novembro de 2016

Di Grassi preparado para "despedida emocional" do FIA WEC

Barein recebe a última etapa da temporada neste final de semana; será a corrida que encerra a história da Audi no principal campeonato de endurance do planeta.



Lucas di Grassi finaliza neste final de semana, no Barein, sua terceira temporada completa no Campeonato Mundial de Resistência da FIA (WEC - World Endurance Championship). Piloto da Audi desde o final de 2012, o paulistano de 32 anos encara a prova de seis horas deste domingo (20) já sentindo saudades.

"Minha última corrida com este ‘monstro’ de 1.000 hp... Vou sentir muita falta de pilotar esse carro", afirmou Lucas, referindo-se ao Audi R18, uma das fantásticas peças de engenharia que compõem a classe LMP1 - a mais rápida - do Mundial. Em 2016, o brasileiro conquistou uma vitória e duas pole positions ao lado do francês Loïc Duval e do britânico Oliver Jarvis.

Di Grassi segue com a Audi, que após 17 anos nas corridas de longa duração, anunciou recentemente sua retirada da categoria em um portfólio que inclui 13 vitórias nas 24 Horas de Le Mans. A marca alemã encerra um capítulo de sua história e, junto do piloto brasileiro, mira seu foco e investimento para a Fórmula E, onde Lucas é o atual vice-campeão e piloto que mais vezes subiu ao pódio na série dos carros elétricos.

Apesar de já sentir saudades do R18, o paulistano mantém o foco. "É uma despedida, mas enquanto estivermos sob bandeira verde vamos acelerar o máximo e buscar a vitória, como sempre fizemos até aqui. Temos um objetivo e uma missão a cumprir, que é encerrar a história da Audi no FIA WEC sob aplausos e com o lugar mais alto do pódio", "essaltou.

A largada para as 6 Horas do Barein acontece neste domingo (20) às 11 horas (de Brasília).

Texto: P1 Media Relations
Foto: Audi Sport

Nenhum comentário:

Postar um comentário