sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Zandoná e Romanini formam dupla de campeões brasileiros na Cascavel de Ouro

30ª edição da corrida mais tradicional do automobilismo paranaense marca volta dos dois pilotos às pistas pela Ferrari Motorsport.



A 30ª edição da Cascavel de Ouro reunirá no grid do Autódromo Zilmar Beux, no dia 23 de outubro, pilotos que atuam nos campeonatos regionais em todo o país e também nomes de praticamente todas as categorias nacionais da atualidade. Uma das duplas já inscritas combina as duas características: Marco “Tico” Romanini foi anunciado nesta quinta-feira (15) como parceiro de Leandro Zandoná na corrida mais tradicional do automobilismo paranaense.

Romanini e Zandoná tiveram suas carreiras baseadas no Campeonato Metropolitano de Marcas & Pilotos de Cascavel e figuram na lista de campeões do Festival Brasileiro de Marcas & Pilotos 1.6, competição anual que em 2016 será disputada no recém inaugurado Circuito dos Cristais, na mineira Curvelo. Romanini conquistou o título na primeira edição da competição, em Cascavel no ano de 2009; Zandoná obteve o título nacional em Guaporé, em 2013.

Campeão metropolitano de Marcas & Pilotos em 2014, Zandoná não disputou a temporada regular em 2016. “Voltei a correr na última etapa, já para adiantar a preparação para a Cascavel de Ouro”, diz o piloto, que venceu a prova em 2014 formando dupla com Daniel Kaefer. O resultado daquela 28ª edição foi confirmado poucas semanas atrás pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Automobilismo.

Romanini, em 2016, disputou apenas a primeira etapa do Metropolitano e três etapas da Copa Petrobras de Marcas. Igualmente, tem a volta às pistas em sua terceira participação na Cascavel de Ouro. Em 2014, ele teve Ingmar Biberg como parceiro. Em 2015, atuou ao lado de Beto Monteiro. “Na primeira vez tivemos vários probleminhas, perdemos muitas voltas. No ano passado foi a quebra de uma mangueirinha que acabou com a minha corrida”, resume.

“Espero que possamos fazer uma prova bem constante e sem surpresas ruins, com um bom ritmo. A vitória que tive em 2014 foi por conta disso, de um ritmo bom e constante, poupando o equipamento sem perder o foco de andar entre os primeiros”, diz Zandoná. A Ferrari Motorsport terá outros dois Fiesta no grid – o de número 81, que será pilotado por Paulo Bento e Carlos Souza, e o número 370, que terá David Muffato e Luiz Fernando Pielak como pilotos.

PREMIAÇÃO
Os vencedores da Cascavel de Ouro receberão R$ 20 mil em dinheiro. Haverá premiação de R$ 7 mil para os vice-campeões e de R$ 3 mil para os terceiros colocados, além de bônus de R$ 1 mil para pole, volta mais rápida e maior número de posições conquistadas. Com largada às 14h, a corrida terá quatro horas de duração e transmissão ao vivo da CATVE/TV Cultura. O portal da CATVE na internet reproduzirá a transmissão em tempo real.

Haverá prêmios adicionais. Um piloto da dupla ou do trio que vencer a Cascavel de Ouro terá participação na primeira prova de 2017 do Fara USA, no mês de fevereiro em Homestead, com uma Ginetta G40, com custos de viagem incluídos na premiação. A equipe vencedora também terá isenção de todos os custos técnicos para participação de um de seus pilotos na primeira etapa da série brasileira Sprint Race Brasil na temporada de 2017.

Texto: Grelak Comunicação
Foto: Fabricio Guarda

Nenhum comentário:

Postar um comentário