domingo, 2 de agosto de 2015

Estratégia e cautela garantem pontos para o gaúcho Vitor Genz na Stock Car em Curitiba

Prova foi marcada por acidente espetacular na primeira corrida que apesar do susto, não deixou feridos.



O final de semana reservou fortes emoções na 6ª etapa da Stock Car disputada em Curitiba. Na largada, a primeira curva já deixou vítimas como tradicionalmente acontece no circuito paranaense. O pior, no entanto, viria na 10ª volta quando Thiago Camilo vinha lento pelo lado de dentro da reta, por conta de algum problema mecânico. Os demais que vinham atrás em alta velocidade desviaram, mas Raphael Matos e Felipe Fraga não conseguiram evitar o choque batendo violentamente. Os pilotos envolvidos no acidente foram encaminhados para o Hospital Marcelino Champagnat para exames, mas não tiveram ferimentos. Luciano Burti e Felipe Lapenna também acabaram envolvidos na sequência, mas com menor intensidade. A corrida reiniciou com domínio de Marcos Gomes que cruzou a linha de chegada em primeiro lugar.

O piloto da equipe Boettger/Neugebauer usou a estratégia para conseguir chegar na zona de pontuação. Depois de largar na 27ª posição, Vitor Genz conseguiu escapar dos acidentes e se manteve na pista ganhando mais de 10 posições. Uma batida com o, também gaúcho, César Ramos, no entanto, avariou a dianteira do carro. A opção da equipe foi levar o carro para os boxes e fazer o conserto, retornando em melhores condições de disputa para a segunda prova.

Com as 10 primeiras posições invertidas no grid, Sérgio Gimenez teve competência para vencer a segunda corrida seguido de Júlio Campos. Vitor Genz ganhou posições e conseguiu terminar no 13º lugar, marcando pontos importantes para o campeonato.

Classificação Prova 1

1-) 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) 25 voltas em 37min03s8
2-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) - a 1s581
3-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) - a 2s725
4-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) - a 3s713
5-) 90 Ricardo Maurício (Eurofarma RC) - a 5s146
6-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - a 5s564
7-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) - a 5s895
8-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) - a 6s174
9-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - a 6s831
10-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 7s355
11-) 73 Sérgio Jimenez (C2 Team) - a 7s933
12-) 4 Júlio Campos (Prati-donaduzzi) - a 8s294
13-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) - a 9s219
14-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) - a 9s939
15-) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Racing Sports) - a 12s688
16-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) - a 13s489
17-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) - a 17s067
18-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) - a 17s423
19-) 9 Gustavo Lima (ProGP) - a 18s690
20-) 25 Tuka Rocha (União Química Racing) -a 1 volta
21-) 91 Laurens Vanthoor (Red Bull Racing) - a 2 voltas
22-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições- a 3 voltas
23-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) - a 5 voltas
24-) 11 César Ramos (Cavaleiro Racing Sports-) - a 5 voltas
25-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Team) - a 11 voltas
26-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) - a 17 voltas
27-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) - não completou
28-) 2 Rafa Matos (Schin Racing Team) - não completou
29-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) - não completou
30-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) - não completou
31-) 72 Fábio Fogaça (Hot Car Competições) - não completou

Classificação Prova 2

1-) 73 Sérgio Jimenez (C2 Team) 20 voltas em 27min09s3
2-) 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) - a 1s406
3-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) - a 4s103
4-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) - a 4s879
5-) 90 Ricardo Maurício (Eurofarma RC) - a 10s134
6-) 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) - a 10s800
7-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - a 11s244
8-) 83 Gabriel Casagrande (C2 Team) - a 15s134
9-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - a 21s070
10-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) - a 21s399
11-) 25 Tuka Rocha (União Química Racing) - a 26s540
12-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) - a 30s943
13-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) - a 30s973
14-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) - a 34s455
15-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) - a 34s640
16-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) - a 1 volta
17-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) - a 1 volta
18-) 74 Popó Bueno (Cavaleiro Racing Sports) -a 1 volta
19-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) - a 5 voltas
20-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) - a 6 voltas
21-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) - a 7 voltas
22-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) - a 7 voltas
23-) 9 Gustavo Lima (ProGP) - a 9 voltas
24-) 91 VAN (Red Bull Racing) - a 12 voltas
25-) 11 César Ramos (Cavaleiro Racing Sports) - não correu
26-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) - não correu
27-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) - não correu
28-) 2 Rafa Matos (Schin Racing Team) - não correu
29-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) - não correu
30-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) - não correu
31-) 72 Fábio Fogaça (Hot Car Competições) - não correu


Texto: PlayPress Assessoria de Imprensa
Foto: Vanderley Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário