quarta-feira, 1 de abril de 2015

Satisfeito, Bruno Bonifacio ressalta evolução obtida na pré-temporada da World Series by Renault

Depois de dois anos bem-sucedidos correndo na Formula Renault 2.0, o piloto brasileiro estreia em 2015 na categoria que mais vem revelando talentos para a F1 nas últimas temporadas depois de realizar trabalho consistente nos testes coletivos em março, na Espanha.



O circuito de Motorland, em Aragón, na Espanha, recebeu nesta semana (30 e 31 de março) a última sessão de treinos coletivos antes do início da temporada 2015 da Formula Renault 3.5, principal classe da World Series by Renault e categoria de acesso que mais promoveu pilotos para a F1 em tempos recentes. Entre segunda e terça-feira, 21 pilotos estiveram na pista para dar sequência aos testes, com diferentes configurações e situações de um final de semana de corridas. Todo o trabalho foi visando a primeira etapa do campeonato, marcado para os dias 25 e 26 de abril, novamente em Motorland. A rodada dupla inaugural da temporada vai representar a estreia do piloto brasileiro Bruno Bonifacio no certame após cumprir dois anos nas divisões Alps e Eurocup da Formula Renault 2.0, uma das principais categorias de base do automobilismo mundial.

Desde que encerrou seu ciclo na Formula Renault 2.0, em outubro do ano passado, o paulista de 20 anos realizou quatro sessões de testes com o potente carro de chassi Dallara equipado com motor Zytek V8 de 3,5 L da equipe italiana International Draco Racing. Ainda em 2014, Bonifacio acelerou em Jerez e Motorland e teve suas primeiras impressões do novo carro. No começo deste ano, Bruno, já oficialmente confirmado pelo time de Bérgamo para a disputa da temporada 2015, deu sequência aos trabalhos de simulador e também à preparação física antes dos testes coletivos marcados para março, também na Espanha.

No começo do mês, a categoria realizou sua primeira sessão de testes do ano em Jerez. Bonifacio mostrou boa evolução física e técnica em relação ao seu debute no carro e destacou também o bom entrosamento com os mecânicos e engenheiros da Draco. E nesta semana, o piloto brasileiro continuou o desenvolvimento de pista em Motorland e, em conjunto com a esquadra italiana, focou em um programa que consistiu em simulações de classificação e corrida com maior carga aerodinâmica e também com low-downforce, a principal novidade para a temporada 2015 — em um dos dias do fim de semana, exceção feita a Mônaco, todos os pilotos terão de guiar seus respectivos carros com baixo downforce, regra que muda todo o acerto e exigirá muita técnica de cada um dos pilotos do grid.

Bem mais adaptado ao carro e à equipe, Bonifacio avaliou de forma positiva seu trabalho em Aragón. Na segunda-feira, o paulista não conseguiu completar muitas voltas (37, no total) devido a problemas eletrônicos no seu carro, mas ainda assim cavou um lugar no top-10 da tabela de tempos. Ontem, Bruno acelerou o #20, configurado com baixo downforce no traçado espanhol, percorreu 64 giros e fechou o dia em 18º. Bruno entende que ainda há muito potencial para explorar e que é ainda o começo de trabalho, mas ficou bastante satisfeito com o que alcançou nos últimos dias e acredita que seu crescimento será ainda maior ao longo da temporada.

Restando pouco menos de um mês para a abertura do campeonato, Bruno vai intensificar os trabalhos na oficina, no simulador e também na parte física. Nesse intervalo, Bonifacio estará no Brasil por alguns dias para compromissos com a imprensa e patrocinadores antes de regressar à Europa e seguir para Motorland para sua estreia na Formula Renault 3.5 no último fim de semana de abril.

Bruno Bonifacio:

"Na minha avaliação, nossa pré-temporada foi ótima. A cada ida para a pista notava evoluções bem significativas, seja na pilotagem do carro, parte física, entrosamento com a equipe, o próprio time, que vem trabalhando muito para melhorar internamente, então vejo tudo de uma forma bastante positiva. No fim, estivemos constantemente entre os dez primeiros, o que, sendo eu um piloto novato, é muito legal. Ainda temos margem e potencial para crescer, mas estamos satisfeitos por todo o progresso feito em todos os testes e estamos bem animados para a primeira corrida da temporada. Vamos trabalhar ainda mais nesse intervalo para estar no meu melhor para a abertura do campeonato."


Texto: EverSports
Foto: Paolo Pellegrini

Nenhum comentário:

Postar um comentário