terça-feira, 28 de abril de 2015

Moto 1000 GP: Campeão Lussiana quer repetir temporada vitoriosa em 2015 na GP 1000

Francês, da BMW Motorrad Petronas Racing, está animado para mais um campeonato no Brasil e elogia o novo companheiro Sebastian Porto. Em Curitiba, o maior desafio será a recuperação física, já que o piloto sofreu uma queda em Assen, durante etapa do Mundial de Superstock, e fraturou uma costela.




Ele venceu metade das corridas de 2014 na categoria GP 1000 do Moto 1000 GP, largou três vezes na pole position e conquistou o seu primeiro título no Brasil. Aos 26 anos, o francês Matthieu Lussiana, da equipe BMW Motorrad Petronas Racing, está bastante animado para o início de uma nova temporada, neste domingo (dia 3), em Curitiba (PR). O primeiro contato com sua nova moto, a BMW S1000 RR, será nesta quinta-feira (30), durante os testes coletivos.

A única preocupação do piloto, que também disputa o Mundial de Superstock na Europa, é uma costela fraturada, há alguns dias, após uma queda na etapa de Assen, na Holanda.

"O Alex (Barros, chefe da equipe) comentou que a moto tem um potencial ainda maior que a do ano passado, então estou animado para a temporada no Moto 1000 GP. Espero, na verdade, repetir os resultados do ano passado, trabalhar bastante para ser o mais rápido e constante e brigar para baixar os tempos também", comentou o francês. "Ainda não sei se terei dificuldades na corrida, em virtude da costela. Em Assen, fiz o warm up e não corri, porque tinha dificuldades para respirar. Mas, desde então, estou em repouso, para me recuperar logo", contou.

Lussiana também elogiou o novo companheiro, o argentino Sebastian Porto, que entre diversas conquistas foi vice-campeão mundial de 250 cc. "Fiquei contente de saber que ele estará na equipe, porque ele tem um nível muito bom e vou aprender bastante com ele também", completou o piloto da BMW S1000 RR #94.

Além do título no Brasil, Lussiana foi o terceiro na Superstock no ano passado, vencendo a última etapa na França.

O Moto 1000 GP, campeonato brasileiro de motovelocidade, terá oito etapas ao longo do ano, passando pelas principais pistas do país.

Confira a programação para a etapa de Curitiba:

GP1000

Sexta, dia 1
13h40 às 14h05 - Treino Livre 1
16h00 às 16h25 - Treino Livre 2

Sábado, dia 2
10h10 às 10h35 - Treino Livre 3
13h20 às 13h45 - Treino Livre 4
15h20 às 15h40 - Classificatório 1
16h45 às 16h55 - Classificatório 2

Domingo, dia 3
9h00 às 9h10 - Warm up
12h30 - Largada 1ª etapa (18 voltas)

GP Light

Sexta, dia 1
14h15 às 14h40 - Treino Livre 1
16h35 às 17h00 - Treino Livre 2

Sábado, dia 2
10h45 às 11h10 - Treino Livre 3
13h55 às 14h20 - Treino Livre 4
15h45 às 16h05 - Classificatório 1
17h00 às 17h10 - Classificatório 2

Domingo, dia 3
8h20 às 8h30 - Warm up
10h40 - Largada 1ª etapa (16 voltas)

Texto: FG Com
Foto: Equipe Sanderson

Nenhum comentário:

Postar um comentário