sábado, 4 de abril de 2015

Carlos Kray tem sábado problemático e larga da oitava fila em Ribeirão Preto

Problema no diferencial compromete evolução do piloto gaúcho da CKR Racing nos treinos para segunda etapa do Mercedes-Benz Challenge.



Carlos Kray teve um sábado (4) de dificuldades na preparação para a segunda etapa do Mercedes-Benz Challenge. O piloto gaúcho da CKR Racing, que tem em seu CLA 45 AMG o número 46 as cores e a logo de Ballasox, ficou com a 16ª posição no grid de largada da corrida, que será disputada na manhã deste domingo (5) no circuito de rua montado no Distrito Industrial de Ribeirão Preto (SP). A pole-position é do paulista Fernando Fortes.

Kray viu-se impossibilitado de tirar proveito das duas sessões de treinos livres na pista ribeirão-pretana. “Tivemos muita, muita dificuldade. Perdemos os dois treinos, até descobrirmos que havia um problema com a bomba de óleo do diferencial”, contou o gaúcho. “Só conseguimos detectar esse problema poucos minutos antes do treino classificatório. Todo mundo conseguiu aproveitar esses treinos para evoluir, e nós não conseguimos”, ele lamentou.

Largando da oitava fila, Kray mostra ciência de que terá dificuldades. “A pista de rua é interessante, oferece um panorama diferente, mas oferece uma dificuldade muito grande para fazer ultrapassagens, e ultrapassar é tudo que eu vou precisar fazer. Corrida de recuperação em pista de rua é uma incógnita, mas é essa a nossa missão”, finalizou o piloto gaúcho, que foi o vice-campeão da categoria Master da CLA 45 AMG Cup na temporada de 2014.

A segunda etapa do Mercedes-Benz Challenge em Ribeirão Preto terá largada às 8h40 deste domingo. A transmissão ao vivo pelo canal Bandsports será aberta às 8h15, com narração de Luc Monteiro, comentário de José Vitte e reportagem de Thiago Kansler – a geração de imagens será da paranaense Master/CATVE. A corrida terá duração de 45 minutos e mais uma volta pelo traçado de 2.298 metros da pista de rua.

MERCEDES-BENZ CHALLENGE – GRID DE LARGADA
(Treino classificatório para a etapa de Ribeirão Preto)
1º) Fernando Fortes (SP), Mottin Racing, 1min14s168
2º) Adriano Rabelo (CE), Cordova Motorsport, 1min14s315
3º) Arnaldo Diniz Filho (SP), Comark Racing, 1min14s317
4º) Betão Fonseca (SP), CenterBus-Sambaiba, 1min14s323
5º) Luiz Carlos Ribeiro (RS), Mottin Racing, 1min14s373
6º) Pierre Ventura (RS), CKR Racing, 1min14s495
7º) Peter Ferter (MS), LT Racing Team, 1min14s551
8º) Victor Amorim/Fernando Amorim (SP), RSPorts, 1min14s683
9º) Cesare Marrucci (SP), Cordova Motorsport, 1min14s736
10º) Fernando Júnior (RS), WCR, 1min14s777
11º) Marcelo Hahn (SP), Bläu Motorsport, 1min14s809
12º) Neto de Nigris (SP), DeNigris-Europamotors, 1min14s911
13º) Cristian Mohr (SC), RSports, 1min15s012
14º) Lorenzo Varassin/Paulo Varassin (PR), Hitech Racing, 1min15s140
15º) Roger Sandoval (RS), Mottin Racing, 1min15s427
16º) Carlos Kray (RS), CKR Racing, 1min15s531
17º) Rodney Felício (SP), Manelão Competições, 1min15s676
18º) César Fonseca (SP), CenterBus-Sambaiba, 1min15s881
19º) Fernando Poeta/Guilherme Daudt (RS), Mottin Racing, 1min15s969
Média do 1º: 111,541 km/h


Texto: Grelak Comunicação
Foto: Vanderley Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário