segunda-feira, 27 de abril de 2015

Após etapa no Velopark, Gustavo Lima foca no desenvolvimento do carro nos treinos coletivos

Piloto da equipe C2 Team tem abandono forçado no circuito gaúcho, mas aposta em volta por cima nos próximos desafios. Nesta semana, categoria se reúne em Santa Cruz do Sul para sessões de testes.



Antes mesmo de acelerar no circuito gaúcho do Velopark, palco da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo, o piloto Gustavo Lima visitou o Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, que é referência no tratamento oncológico no país. O brasiliense apresentou aos doutores do Instituto do Câncer a campanha "Correndo contra o Câncer", recebendo o apoio da equipe médica com ideias para a divulgação de informações sobre a prevenção e combate à doença.

Na pista, porém, Lima não teve dias fáceis na disputa, realizada no último final de semana (24 a 26 de abril). Sem contar com o melhor rendimento do carro #53, o brasiliense largou da sexta fila na prova deste domingo, e vinha recuperando posições nas primeiras voltas, mas se envolveu em um acidente e teve de abandonar a corrida precocemente.

Agora, o piloto de 18 anos já está focado nos próximos desafios do campeonato. Nesta terça-feira (28), pilotos e equipes se reúnem no circuito de Santa Cruz do Sul (RS) para um dia de testes coletivos. Assim como Lima, a equipe C2 Team também faz sua primeira temporada na categoria, então cada tempo a mais na pista é importante para o desenvolvimento do carro. A terceira etapa do Brasileiro de Turismo acontece entre os dias 29 e 31 de maio, no autódromo de Curitiba.

Gustavo Lima:

"Tivemos um fim de semana bem difícil aqui no Velopark, a pista é muita curta, e assim os tempos são ainda mais próximos. Não conseguimos o acerto ideal para a classificação e isso comprometeu a corrida. Largando no meio do grid, a chance de se envolver em confusões é maior, então foi realmente uma pena. Mas estamos muito motivados com o treino coletivo. Teremos mais tempo para testar novas configurações e acredito em uma grande evolução para as próximas etapas".

Correndo contra o Câncer:

"Foi uma honra ser recebido pelo Dr. Stephen Stefani no Instituto do Câncer e também pelo Dr. Félix Drummond do Instituto de Medicina do Esporte do Hospital Mãe de Deus. Queremos levar informações relevantes ao público que vai aos autódromos sobre o combate e prevenção do câncer, e ter o apoio de médicos que são referência na área é essencial. Unindo forças, nós teremos um impacto maior sobre essa questão tão importante".


Texto: EverSports
Foto: Vanderley Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário